sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Lista de Desejos



Decidi fazer uma lista diferente esse ano. Uma lista das coisas que eu não quero para 2014.
Primeiramente, não quero me desgastar com dietas malucas ou exercício em excesso porque tenho certeza que essa não é a melhor forma de perder o bacon adquirido ao longo de 2013. Quero me focar em coisas boas, fazendo o que eu realmente gosto e sabendo valorizar o que me faz bem.
Também não quero fazer promessas que eu não possa cumprir. Não quero fazer metas que eu não possa alcançar nem me esticar até onde minhas pernas não alcançam. Quero me manter com os pés no chão, sem deixar de sonhar de vez em quando.
Não quero me sentir mal por causa dos outros. Não quero deixar que o pessimismo alheio ou palavras negativas sejam capazes de me deixar pra baixo. Nem quero permitir que ninguém destrua minha motivação de seguir em frente, custe o que custar.
Não quero me prender à coisas pequenas como fazer ou não as unhas, se compro ou não aquele sapato novo, se gasto um pouco mais comigo mesma ou invisto em algo diferente.
Não quero me apressar a ponto de tentar adiantar meu futuro ou me manter com a mente sempre no depois. Quero viver o presente, aproveitar mais o hoje e saber valorizar um dia de cada vez.
Não quero criar expectativas também. Quero me lembrar sempre que ninguém é igual a ninguém, e que todos nós temos limitações e defeitos.
Não quero ficar triste com pouca coisa quando vejo que há tanta gente sofrendo muito mais que eu e nem por isso não deixa de sorrir.
E acima de tudo, não quero deixar de acreditar. No ser humano, na felicidade, nas possibilidades e na vida.
Ainda não tenho certeza de que conseguirei cumprir essa minha lista de coisas que não quero em 2014, mas com certeza não deixarei de tentar. Porque é disso que é feita a vida. De luta, de avanços, tropeços, algumas quedas, mas também de vitórias.
Bem vindo dois mil e catorze.

Isabela Santiago