sábado, 15 de junho de 2013

Falta

Tem dias que o trânsito para, que a saudade aperta, que a rinite ataca, que a violência avança, que o Ministério promulga, que o rádio anuncia, que a TV divulga, que a tristeza dói, que a verdade se enconde, que a mentira prevalece, que a hipocrisia cresce, que o lápis desenha, que a borracha apaga, que as pegadas somem, que a voz se cala, que a beleza se contrai, que a internet falha, que o tédio preenche, e que a paz faz falta.