domingo, 9 de outubro de 2011

Aprendendo com um coração partido.



Não sei se você é adepto dessa concepção, ou sequer já ouviu falar em Cazuza, mas eu sempre fui muito fiel a uma frase que inicia a música Ideologia - "Meu partido é um coração partido ". Sabe, amor nunca foi um ramo que me trouxesse boas memórias, já que como uma boa partidária, sempre segui a risca tal concepção. Podiam até me chamar de conselheira amorosa, aquela cujos conselhos relacionados ao coração são sempre os mais sinceros; mas nunca me aprofundei nisso pois sempre soube que o meu dedo podre para sentimentos me traria mais machucados e esperanças que nunca se concretizariam.
Mas sempre tem alguma coisa que transforma tudo aquilo que a gente acredita, não é? Ver que não somos seres estáticos me faz pensar em como as coisas seguem as leis físicas, onde tudo se transforma. Quando você aprende a lidar com suas próprias feridas, e a enxergá-las como fonte de força para te fazer enfrentar tudo que ainda vem pela frente, você acaba crescendo. E é nesse momento que tudo pode, enfim, mudar.
Quando você se vê forte, por tudo que você passou e enfrentou lá atrás, você acaba vendo que um coração partido nem é tão ruim assim, pois é a partir dele que você vê a sua própria capacidade de mudar o mundo a sua  volta.
Talvez, você não encontre um amor de verdade ou uma amizade que te modifique para melhor, ou mesmo que seu ambiente de vida torne-se diferente daquilo que você está acostumado. Nem tudo é tão bom quanto nos filmes, não é mesmo?
Mas com certeza, no momento em que você se modifica, quando  sua mentalidade se transforma, passando a ver o mundo ao seu redor com olhos mais positivos e crentes na mudança, quando sua alma é  realmente modificada, é que a mudança se inicia, tanto em seu espírito quanto no mundo ao seu redor. Porque sempre que você se modifica você, querendo ou não, modifica também quem está a sua volta, seja se forma positiva ou negativa.
E é através dessas mudanças que você vai descobrindo quem você realmente é, tanto mais humano a partir de seus erros e deslizes, e forte pelas suas feridas abertas ou fechadas no peito. E que mesmo com um coração partido, como diz a canção, é capaz de seguir em frente, mostrando a todos que ainda existe esperança mesmo depois dos tropeços e quedas, pois afinal, é a partir disso tudo que você é capaz de mostrar ao mundo quem você realmente é.

Isabela Santiago