sábado, 23 de janeiro de 2010

Música...


É estranho, mas ao mesmo tempo incrível em como um som, uma melodia ou mesmo uma música, mexe com o que sentimos e até pensamos em determinado momento.
Por exemplo, agora mesmo eu estava no meu quarto ouvindo música no MP4, quando começou a tocar uma música que mexe profundamente comigo - The Scientist, de Coldplay. Ela fala de recomeço, de tentar novamente e simplesmente me emociono ao ouvi-la , além de relembrar do livro e filme Lua Nova ( T_T). Mas apesar desses detalhes, acho que ela fala um pouco do que eu gostaria de escrever de alguma maneira ou simplesmente em expressar.
Ela fala:
"Ninguém disse que ia ser fácil.
Ninguém disse que ia ser tão difícil"
E acho que é especialmente essa parte que me emociona, pois respectivamente, diz-se que "devemos voltar para o início". É uma música que mexe com o meu interior, e muda meu estado de humor ou de espírito de um instante a outro.
Acho que tenho um sério problema com músicas, filmes e livros, pois mesmo não expressando exatamente quem eu sou, o que eu quero, e principalmente, o que eu sinto, sei que no momento em que começo a refletir sobre o que está sendo dito, sinto uma forte emoção dentro de mim, como se as letras, palavras ou cenas fossem feitas essencialmente para mim, e conseqüentemente, para mostrar-me que existem sim, novos caminhos a serem percorridos, novos amores a serem descobertos, antigos sentimentos a serem desenterrados e tantas outras coisas com a intenção de mostrar-me, principalmente, que é preciso  acreditar e ter esperança na vida, apesar de tudo aquilo que me mostra completamente o contrário, como a dor, a falta de amor, a violência, o medo, o descaso com o outro...
Não estou querendo ser excêntrica ou mesmo egoísta, falando esse tipo de coisa, mas demonstrar que dentro dessa casca grossa e machucada existe um coraçãozinho que bate a cada cena de romance, a cada palavra que toca o coração, a cada sentimento verdadeiro.
E é isso que talvez, me leve a crescer verdadeiramente; os sentimentos que são verdadeiros e que me fortalecem a cada dia, mesmo na dor e na solidão, aumentando ainda mais a minha esperança de encontrar um dia a felicidade.


Is.